quinta-feira, 3 de setembro de 2020

Enquanto você não vem (parte III)

Sabe "o boy dos anos 80"? Então, mesmo com o desencontro, ele voltou. Nos vimos, beijamos  e.... enfim. Nos falamos todos  os dias, trocando desejos, sonhos  e relembrando um tempo  que vivemos  as nossas vidas antes de tudo isso... 
Mas veio a pandemia, um vírus  devastador, tava loge da gente ainda, era coisa "lá de fora". Mas, do nada: NÃO SAIM DE CASA! Uma pandemia foi declarada e obrigou todo mundo  a ficar em casa. Nada de cinema, barzinhos,  moteis... nada. Quem ta solteiro vai ficar... quem tá casado, vai ter que suportar. Mas ele permaneceu! No pensamento  e também nas minhas mensagens. Quando dei por mim, ele  estava na minha cozinha  fazendo hambúrguer. Nos vimos juntos! Cozinhando, passando  álcool gel nas mãos, determinando quem iria no mercado buscar  o que precisaríamos para o almoço daquele domingo. Nada de morar juntos, só nos víamos praticamente no final de semana  e  não  nos víamos de salto, de terno, de baton vermelho ou de casual day, nos mostramos como somos. Eu descabelada sem progressiva...  ele com o cabelo pra cortar e barba pra fazer, pijama e enfim, estávamos do jeito que a pandemia que nos atingiu mandava... mas o bom foi que permanecemos juntos. Livres mas, juntos! Enquanto você não vem, estou acreditando que o "boy dos anos 80" é você!

domingo, 26 de janeiro de 2020

Enquanto você não vem ..... (parte II)

Enquanto  você  não  vem, me aventurei pelos aplicativos  de relacionamentos e achei bem divertido. Passei muita gente para a esquerda tocando no X e poucos para a direita tocando no coraçãozinho. Cansei de brincar, até  que chegou uma notificação  de que alguém  tinha me "curtido", fui olhar e vi um cara boa pinta, com cara de marrento, mesma idade que eu e retribuí o coraçãozinho.

Passou um tempinho e ele me chamou pra conversar no privado. Ele começou  a falar que conhecia o lugar  que eu morava, pois estava bem próximo. Eu ja arregalei olho! Que loucura! Eu tinha acabado de ver uma série  de um cara obcecado que vigiava  e sabia de todos os passos das mulheres  com quem ele saía. Até  matava elas... Ando desconfiada  de todos depois  dessa série. Mas, enfim! Conversa vai, conversa vem descobri  que  tínhamos  estudado  juntos. Mesmos professores,  time da escola, pois éramos  do esporte  e que ele era aquele  cara que eu achava o máximo  jogando, mas que  nunca tinha me dirigido  a palavra. Dos meus 13 aos 14 anos eu achava ele um dos melhores jogadores, mas também  o mais "mala", convencido e chato. Trocamos mensagens  por um bom tempo, todos os dias. Num dia qualquer, eu estava com uma amiga bebendo, conversando, ouvindo música  e ele me mandou mensagem. Conversa  vai, conversa vem e decidimos  nos ver, naquela hora mesmo... era cerca de 1h da madrugada. Despachei  a amiga  e fiquei no sofá esperando por ele, que só  ia tomar banho e vinha me ver.  De repente "PQP!!" Acordei 4:35 da manhã aconchegada no sofá! Olhei o celular  e tinha ligação perdida e mensagens  dele dizendo "não vai responder?"

Cara! Que vacilo!!! Mandei mensagem assim que acordei, mas ele tava meio bravo, também  pudera né? Eu ri da situação e expliquei pra ele  o que houve, mas como eu disse na descrição, ele tinha cara de marrento e era mesmo, me deu uma bela ignorada. Paciência, pensei.

Como tenho uma bela relação com a minha filha e ela tava sabendo das minhas conversas, comentei  com ela toda a história  e ela resumiu tudo  numa única  frase: " Perdeu o boy dos anos 80"
 

Leia também:  Enquanto você não vem...

segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

O que mudou na feira?

Pela primeira vez em cinco anos, fui na feira. Mudou alguma coisa? 🤔
Eu fui até la pq queria uns legumes🥬🥕 e frutas frescas 🍉🥝🍍  para fazer detox (isso mesmo!).
Eu não  entendi o seguinte,  um feirante  começou  a gritar: "Olha o mamão, olha o mamão!!" Um outro do outro lado gritou: " Tá  maduro, tá  maduro!" Mas aí  é  que tá  a dúvida,   o corredor era de alfaces e do outro lado era tempero e a barraca  de pastel...Alguém  me explica? 🤷🏻‍♀️

sábado, 4 de janeiro de 2020

Tiro, porrada e bomba?

Vi piadas sobre terceira guerra mundial e até brinquei. Fiquei preocupada e ao acordar, e enquanto minha alma voltava para o corpo, fui pesquisar. 

Então vi que o Pluto Trump acordou  muito louco pra lá de Bagdá e mandou bombardear. Só que tinha um cara importante que botava o terror e morreu no bombardeio. Aí os caras do Irã fizeram que nem a Valesca Popozuda e disseram: "Bateu de frente é só tiro, porrada e bomba. Aqui, dois papos não se cria e nem faz história."  Aí o nosso palmeirense-sem-mundial, disse pro Pateta Trump: "keep calm já tô pronto pro combatchy" "quica quica bate bate" e  que era parça dele  e não sei que lá mais .... 

E agora parece que  tão vendo esse evento aí chamado guerra. 

Espero ter ajudado quem não tava entendendo...😌

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Será que o amor não poderia esperar?

Por que alguns relacionamentos viram um saco?
Trenzão no auge da lotação, horário de pico, choveu  "pá K ⚡" e um telefone toca insistentemente. Um cidadão se contorce para atender e diz:
- Oi amor, tô no trem
- mmmmmm
- Não  dá  pra falar direito, ta cheio.(ele todo contorcido)
- mmmmmm
- mas o quê  que você  quer  fazer na máquina?
- mmmmmm
- tatatatataa quando  eu chegar eu vejo. Tchau.
Confidencia para o colega, mas dividiu com o vagão todo: "o cabra chega  estressado  em casa depois e ainda tá  errado! Isso é  hora de ligar?"

Nem para o celular estar no viva voz pra eu dar uma opinião!! 🤔 Mas cá  entre  nós, isso desgasta tanto né? Acho que se ele não  conseguisse atender, a situação dele poderia ficar tensa, por isso atendeu todo torto. Será  que o "amor" não  poderia esperar?

Postagem em destaque

Descanso anual!

Pela CLT, "Férias é o período de descanso anual, que deve ser concedido ao empregado após o exercício de atividades por um ano...&qu...

Gostou disso?